a origem do coaching

M5-A2

Quando falamos em Coaching, parece que estamos falando sobre algo novo, mas, na verdade, a sua origem aconteceu no século XVI.


No século XVI, os habitantes de Kocs começaram a produzir carruagens (com suspensão feita de molas de aço), e eram muito desejadas por todos, devido ao conforto que ofereciam a seus passageiros. Essas carruagens eram chamadas de KOCSI SZEKER. Os nativos dessa cidade também são chamados de KOCSI. Este termo, ao ser pronunciado, era entendido pelos ingleses como coach. Portanto, o primeiro significado da palavra coach é "carruagem".


Uma metáfora surgiu com o passar do tempo. Assim como a carruagem leva as pessoas a diversos lugares, o coach era a forma como se chamava o tutor que conduzia outras pessoas pelos diversos campos do conhecimento.


Diz-se também que as famílias mais ricas, quando faziam longas viagens pela Europa, levavam servos no interior da carruagem, que liam para as crianças, livros sobre assuntos que elas deveriam aprender. Esse servo passou a ser chamado de coach também.


Partindo para o século XIX, o termo coach passou a ganhar ainda mais força, quando os alunos da Universidade de Oxford começaram a usar a palavra para denominar os professores que lhes auxiliavam nos exames finais.


Com isso, a própria universidade percebeu que o termo se aplicava muito bem aos técnicos, que lideravam suas equipes esportivas, e assim, surgiu o outro significado e origem da palavra coach, que era e continua sendo “TREINADOR” OU “TÉCNICO”.


Assim, por volta de 1950 o termo "coach" passou a representar também o treinador de atletas e equipes esportivas. No esporte, o coaching surgiu como uma técnica específica, utilizada por treinadores para incentivar profissionais de esportes como esqui ou tênis.


Esse método tem como diferencial o chamado Inner Game, ou, Jogo Interior, inventado por Timothy Gallwey, que acredita que o oponente real do esportista não é o outro competidor, mas sim ele mesmo, com suas próprias limitações. Esse método, ou jogo, tem como objetivo superar hábitos mentais que podem atrapalhar o bom desempenho.


A técnica teve muito sucesso, e, com isso, despertou o interesse de alguns executivos que praticavam esses esportes. Eles analisaram e concluíram que o método poderia também ser aplicado no mundo corporativo. Hoje em dia, o coaching é muito utilizado para o desenvolvimento pessoal e profissional.