Dicas básicas para uma narração de histórias envolvente!

M11-A3

Se você tem pretensão de atuar profissionalmente como contador de histórias, mas tem vontade de explorar esse universo, fique de olho nessas dicas:


– Prefira as histórias mais curtas para começar.


– Escolha uma história com a qual se identifique de alguma forma, ou que tenha um propósito.


– Pense para quem você quer contá-la?


– No momento da narração, crie uma atmosfera diferente – pode ser algo simples, como esticar um tapete, acender um abajur ou lanterna ou mudar algum outro detalhe.


– Observe como você sente as palavras conforme lê o texto. E fique à vontade para expressar essas sensações na forma como intensifica (ou não) cada uma delas.


Narrar e ouvir histórias é algo lúdico, belo e natural do ser humano, mas que demanda do profissional muita pesquisa, preparação, autoconhecimento e entrega.


Agora que você conhece um pouco mais desse universo, que tal contar uma história?


Era uma vez…